domingo, outubro 29, 2006

27ª Bienal - Ainda dá tempo

Até o dia 17 de dezembro, continua a 27ª Bienal de São Paulo no Parque Ibirapuera. A mostra traz obras com temas políticos, experiências comunitárias e discussões artísticas. O evento é um dos mais esperados pelos responsáveis da arte em geral.
A curadora geral Lisette Lagnado, e os curadores Adriano Pedrosa, Cristina Freire, José Rocha e Rosa Martinez e o convidado Jochen Voltz, estão trabalhando de forma mais ousada com seus trabalhos.


Estréia na Bienal a Quinzena de Filmes, com 39 filmes com o tema central “Como Viver Junto”.
O tema aposta em uma reflexão sobre a vida com ritmos e gêneros diferentes em um mesmo espaço. Esse foi uns dos requisitos que a curadoria da Bienal utilizou na seleção dos artistas.

Alguns deles não se limitaram apenas ao espaço da Bienal, mas sim a cidade de São Paulo: Zafo Xagoraris expôs seu trabalho em praça pública. O grego fez uma instalação acústica na Avenida Rio Branco e já Maria Tereza Hincapie, convidou milhares para uma “marcha-performance”, entre outros.

Uma das áreas mais visitadas é o espaço da brasileira Laura Lima, que trouxe vestimentas para as pessoas experimentarem. O argentino Tomas Saraceno, tem sua obra formada por três grandes bolas, onde é permitido entrar e escalar. As crianças preferem balançar nas faixas de tecido da árvore de metal do francês Didier Faustiano.

Com objetivo de aumentar as visitas do público pertencentes à classe C, a Bienal conta com o “Projeto Educativo”,dirigido por Denise Grinspum. No projeto há cursos de capacitação para professores da rede pública e particular, com intenção de preparar os alunos antes da visita. Em parceria com os Centros Educacionais Unificados (CEUS), criou-se também cinco núcleos de discussão sobre arte contemporânea.
Aproveite esta temporada para conferir as obras e artistas do mundo inteiro.

SERVIÇO: Parque do Ibirapuera – Portão 03
Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n.
Terça a sexta: das 9h às 21hsábado, domingo e feriados: das 10h às 22hEntrada Franca.